Denúncia: a revolução quilombola vem aí!

Hoje estaremos no lançamento do livro “A revolução quilombola”, Shopping Ibirapuera, 19h30. O livro será lançado por D. Bertrand de Orleans e Bragança.

Sua vida pode mudar de um dia para outro.
Uma revolução de raças e de classes está em marcha, procurando utilizar-se de negros.

Esta é a denúncia-bomba do livro “A revolução quilombola”, do jornalista Nelson Ramos Barretto, da campanha “Paz no Campo”, de São Paulo.

Um simples decreto (4887/03) do presidente Lula rasga milhares de escrituras, no campo e na cidade. O legítimo proprietário lesado só pode discutir as benfeitorias. Ou seja, um confisco!

E você, como fica diante do problema?

Se sua FAZENDA ou sua CASA for definida como área quilombola, como aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, em Porto Alegre e em São Mateus (ES), o que fará?

Encomende hoje mesmo o livro“A revolução quilombola”

Depois do “cotismo”, o “quilombismo!” O “cotismo” estabeleceu vagas universitárias obrigatórias para negros. Agora, o governo Lula lança um novo elemento de confusão no Brasil: o “quilombismo”, que pretende tirar terras dos legítimos proprietários, e criar nelas fazendas coletivas de quilombolas, controladas pelo Incra. E isso atinge o campo e a cidade.

Outra denúncia do livro: os quilombolas estão sendo ludibriados. O Estado não lhes concede título de propriedade. Como em Cuba e na China, terão apenas o uso da terra. O trabalho será comunitário, sob a batuta do Estado-patrão!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s