200 Anos da Imprensa no Brasil

O Dia da Imprensa comemora-se a 10 de setembro. A escolha da data tem a ver com a fundação da “Gazeta do Rio de Janeiro”, o primeiro jornal a ser editado e impresso no Brasil, exatamente a 10 de setembro de 1808. O jornal foi rodado na Imprensa Régia, criada por D. João VI, pouco tempo antes, em maio desse ano.

Um outro jornal for a criado meses antes, “O Correio Braziliense”, mas sua impressão era feita em Londres. Além disso, “O Correio” era mensal e a “Gazeta” semanal.

Os dois jornais foram publicados até 1822.

Fonte: Herdeiros do Porvir, N. 8, outubro 2000.

Leia mais em
Eventos marcam 200 anos da imprensa no Brasil
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u370351.shtml

 

Folha entrevista candidatos

A Folha de São Paulo fez cinco perguntas para os candidatos.  Minhas respostas estão em
http://www1.folha.uol.com.br/folha/especial/2008/eleicoes/vereadores/sp-sao_paulo-36258-3.shtml

Sonia Racy cita o candidato monarquista

O Estado de São Paulo
Coluna Direto da Fonte  – Caderno Cultura, página D10 – 07 de setembro de 2008.
Sonia Racy

Pimenta do Reino

Quem se dá ao trabalho de garimpar entre os nomes dos postulantes à vereança paulistana encontra verdadeiras pérolas. Uma delas:  Jean Tamazato, do PTC, faz campanha defendendo a volta da monarquia, via Câmara Municipal. 

Seria o prefeito nomeado Rei da Paulicéia?

Prof. Olavo de Carvalho cita Tamazato

Listen to True Outspeak on internet talk radio
No programa True Outspeak do dia 25/8/2008, o filósofo Olavo de Carvalho,  faz uma breve citação e deseja boa sorte a candidatura Tamazato Vereador 36.258  

Nosso obrigado Prof. Olavo!

Vários amigos nos escreveram, especialmente o Cavaleiro Conde.   Essa é a resposta dos direitistas, combatedores do gigantesco estado que vivemos sob a orientação socialista.

Como nasce um Paradigma…

(transcrito de www.marcoscintra.org)

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas.

Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada,os outros enchiam-no de pancadas.

Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos.

A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que o surraram.

Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não mais subia a escada.

Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado, com entusiasmo, da surra ao novato.

Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído.

Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse chegar às bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles porque batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: “Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui…”

Você não deve perder a oportunidade de passar esta história para seus amigos, para que, vez por outra, questionem-se porque estão se batendo… (…)

Começa a campanha do monarquista Vereador 2008 PTC

Eu voltarei, leais paulistanos!

D. Pedro I proclama a Independência

D. Pedro I proclama a Independência

Eu voltarei, leais paulistanos! Eu voltarei no meu derradeiro repouso! Eu voltarei, meu pequenino riacho do Ipiranga, cujas águas refrescam minhas mãos e meus lábios. Eu voltarei, São Paulo!

Com essas palavras o Príncipe D. Pedro I se despedia de São Paulo e partia para o Rio de Janeiro.10 de setembro de 1822. 

No dia 22 de abril de 1972, no sesquicentenário da Independência do Brasil,  os restos mortais do Imperador e Defensor Perpétuo do Brasil, foi transladado para a histórica colina do Ipiranga, como era seu desejo.

186 anos depois de dizer essas belas palavras faço mInha homenagem ao Grande D. Pedro I, que certamente esta entre os maiores benfeitores de nossa cidade.